domingo, 14 de junho de 2015

126 - Os Melros num dia tristíssimo

Nem vale a pena comentar o nosso dia de ontem.
Também ninguém lê isto, por conseguinte gastar palavras é desnecessário