domingo, 12 de fevereiro de 2017

145 - 11.Fev. Bom Convívio

Boas e simpáticas presenças de camaradas de outras bandas mas notaram-se as ausências de habituais frequentadores dos Melros.
O frio era bastante e nem junto ao lagar estávamos bem. Portanto, recolhemos à sala das comidinhas.
 As Entradas para a rapaziada se ir entretendo.
Uma feijoada fez-se notar tanto pela imagem como pelo paladar. Excelente.
Com a lareira a dar-nos o calor suficiente, não deixamos créditos por mãos alheias.
 E os Melros não se fazem rogados e atacam com prazer as Entradas
 Antero de Avintes, Peixoto de Penafiel e J.Teixeira, Presidente Bandalho.
o Bateira em reportagem enquanto o Dionísio parece estar de castigo voltado para a parede.
 Um intervalo após as Entradas desfeitas.
 Momentos para recordar
 Chegou a hora da sopinha para aquecer.

 Em destaque, Antero, Henrique e Freire.

 Valdemar, Teixeira e Presidente Carlos Silva
 bla
 O Valdemar parece que está a prestar contas à vida.
Joaquim Soares, Dionísio, Silva e Gil
 Novo descanso até chegar uma das especialidades do Choupal:
Bacalhau com Broa.
 Vieram e foram os doces e as frutas e o pessoal vai conversando.

 Momentos finais com o Dionísio, Antero, Bateira, Silva e Cancela
 Teixeira e Freire aproveitam para ler o Jornal
O Gil em pose de trabalho.
E assim se passou mais um belo convívio. A todos os camaradas, estejam onde estiverem, um grande abraço.
Até Março, 2º sábado.

domingo, 15 de janeiro de 2017

144 - 14.Jan. O primeiro do ano

Embora com algumas ausências e como foram notadas -David Guimarães, Bandalhos Peixoto, Presidente, Fernando Súcio e especialmente Manuel Cibrão que não pode comer porque anda a tirar dentinhos -, o ninho da Tabanca esteve razoavelmente composto.
Alguns Melros já se encontravam no Choupal à espera do início da reportagem. O Lobo trouxe um amigo que não nos apresentou.
O frio era muito e resolvemos ir para o Bar esperar a hora.







 À hora das entradas, alguns Melros parece que estão de castigo.

 Quim Soares, Freire e meio escuro o Dionísio.



 Horinha da sopa



 Inédito o prato de Coelho rústico de carqueja, servido pelo Gil na Tabanca dos Melros.
 Estava muito bom. Este é o primeiro pratinho do repórter.
De sobremesa tivemos um bolo branco com recheio, rabanadas e leite creme
O Luís Bateira por motivos profissionais só apareceu para o café. Mas não se esqueceu do seu cantil. Na boa companhia do Jorge Portojo, do Castro Neves e do Zé Ferreira.
José Ferreira, Angelino Santos Silva e Joaquim Coelho. Três contadores de Histórias. Os seus livros são sucessos.

Esta é a reportagem possível. Fui portador de cumprimentos e abraços destinados ao Quelhas e ao Martins Bombeiro, mas como resolveram não aparecer fica para a próxima.

Votos de Bom Ano a todos os Melros e Camaradas espalhados pelo País e pelo Mundo.

domingo, 11 de dezembro de 2016

143 - Almoço de Natal de 2016

Com muita festa e alegria convivemos até às tantas.
E o Rancho Regional de Fânzeres veio alegrar ainda mais o nosso convívio.
As fotos não necessitam de legendas.













Finalmente, o Neca Quelhas deu-nos o prazer da sua companhia. Ei-lo junto do seu camarada dos velhos tempos guerreiros, o Luís Bateira.
 Hora das Entradas





 O Avintense Antero visitando a Biblioteca do Museu.
 O quadro que parece branco é o Mapa da Guiné.

 Preparados para o Prato Principal






 Mas antes um bom creme para aconchegar.
As fotos dos Pratos e Sobremesas estão mais lá para baixo.











 Viemos tomar ar e verificar como estava o tempo. Ainda não muito frio.



Agora é só arrumar a sala e tempo para as últimas conversetas




 Já eram umas tantas horas quando deixamos o Choupal.
A escuridão estava quase definida e a Lua mais brilhante. Ainda lhe falta uma parte para ser cheia.

Apresentação das comidas:















Se não for antes, até 14 de Janeiro do ano 2017. Boas Festas e Boas Entradas.