quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

133 - Mensagem do David Guimarães

Tabanqueiro desde a primeira hora nos Melros, o nosso querido David Guimarães faz questão de nos deixar a sua mensagem de fim de ano. Devemos fazer uma emenda, pois é desde 2009 que convivemos e foi dele uma das primeiras mensagens. Embora em 2012 também fizesse o gosto ao dedo e não foi a tocar só a viola.

Um abraço ao David e muita saúde.


Pois é, de 2012 até hoje lá consegui viver dentro daquela tabanca onde me sinto bem! Curiosamente é isso mesmo, local onde me sinto bem e não por estar só, mas pela cordialidade de todos, a atenção de todos e afinal pela amizade que vamos nutrindo uns pelos outros e que vai fazendo em cada 2º Sábado de cada mês uma festa. 

Aqui atrás, porque calhou – disse para o lado, porra que hoje está pouca gente: “a resposta foi, poucos mas bons” e são. 

Temos vivido e revivido aquilo e continuamos felizes, e quando acontece faltar algum, como que todos damos conta perguntando por quem falta. Faz sentido, somos preocupados uns com os outros – como na guerra teríamos que ser solidários por forma, aqui é por feitio solidário de que partilha a franca amizade. Uns mais altos outros mais baixos mais gordos ou mais magros mas aí estamos nós. 

Não é preciso chorar mas sempre nos lembramos de quem mais não pode voltar, e já se fala em plural. 

No passar dos tempos descobrimos um banco, nobre banco onde nos habituamos a tomar a primeira cerveja – abre apetite ou só porque gostamos. Jorge, decerto é para mesmo escondermos a “fomita” – mas se não se beber, já não é a mesma coisa.

E pronto então fico-me mais agora neste encontro de Natal, nem sei se o rancho foi melhorado – que estava bom estava, mas por norma está sempre. Foi um magnífico dia, celebramos o Natal. Falámos, falámos muito, ainda bem que falámos só que fotografia aqui fotografia acolá lá num canto onde eu estava mais parecia um centro de recrutamento e quase me convenciam que eu não era militar do Regimento da Artilharia Pesada nº 2 sito em Vila Nova de Gaia… para o mês que vem tenho que levar o documento que diz isso: Colocado no RAP2 em 13 de Outubro de 1969. Assim o título hoje poderia ser assim: David Guimarães militar do RAP 2 - como se fosse muito importante!

E sempre a animação termina com o "finalizar" de uma garrafa de líquido esquisito mas que deve ser bom - depois dissemos até ao mês que vem…

Quer dizer já somos melros vacinados – um abraço a todos.

Agora vamos ver se combinamos uma comemoração qualquer para outra festa que não de Natal - quem sabe seja fado! Vamos começar a pensar nisso.
Com um abraço a todos os Melros com um bem hajam, vosso amigo sempre e melro.

Até ao mês que vem

David Guimarães




2 comentários:

  1. "As amizades são como porcelana,para que durem é preciso cuidar." Parabéns aos Melros que com maestria promovem todo esse cuidado de conservar e estar sempre em contato com os amigos.

    ResponderEliminar
  2. Olá David

    De facto seria bom que voltássemos aos velhos tempos com animação cultural, sempre alegra mais um pouco o convívio.
    Um abraço para todos os "Melros"
    Carlos Silva

    ResponderEliminar