domingo, 10 de outubro de 2010

P47 - Os Melros de volta ao Choupal

Depois da "ganda tainada" que foi a festa em Jovim, lá regressamos ao ninho debaixo de um sol bonito para secar as asas. Depois de uma semana violenta de chuva e vento e enquanto na Foz o mar despedaçava a terra, lá estivemos no nosso aconchego, acarinhados pelas Entradas do Gil.
O sol na eira bateu forte e fez estragos. Bem me dizia o Sr. Rolando - a voz da experiência e da consciência - cuidado. Mas a vida é assim mesmo e siga em frente.
Cá estão os rapazes a baterem-se calmamente à roda da redonda mesa.
Preparando o estômago para uma bela Sopa de Nabos à moda de Gondomar.
Finalmente uma fotinha minha para recordação. Entre o Cancela e o David, de Penafiel a Espinho.
Andava já com uma saudade grande de Tripas e o Gil adivinhou. Pena que os feijões eram escassos para tanta carne. Precisamos de rever o prato, camarada Gil.
Momentos de grande concentração


Bem puxei pelo Carlos Costa só para ouvir em decibéis baixos uma melodia à sua moda.
O rapaz da Índia não foi em fitas e mandou-me bugiar
O Santos Silva, entre o Albano e o Carlos, veio dar-nos a conhecer a sua obra
Pedaços de vida, em solo da Guiné.
Um volume em exposição junto às últimas peças ofertadas ao Museu.
É uma obra cheia que o Santos Silva dispõe a preço de custo de produção.
Entre chefes de Tabanca (Carlos Silva e Álvaro Basto) com a cumplicidade do Gil, começou a desenhar-se uma Festa de Natal, em princípio marcada para sexta-feira, 10 de Dezembro. Queremos que seja extensiva a todos os ex-combatentes de todo o Portugal. Ambição desmedida, mas porque não ? Comprometo-me a arranjar alojamentos baratinhos mas de qualidade. Sim, porque ninguém vai pensar em viajar depois de uma grande noite no Gil. Os Chefes Tabanqueiros irão reunir as suas Tabancas. E o programa vai-se desenhar.
Curioso, que acordei com uma ideia parecida, e disse-me o Cancela que o Marques Lopes já a havia aflorada há uns meses. Sempre atrasados os meus sonhos.
Aguardemos, mas vamos colocar a ideia por aí, nessas Tabancas do nosso Portugal. Passem a palavra, Chefes de Tabanca.
Agora um pequeno vídeo (apertado) do quási fim de festa.

video
Daqui vai uma mensagem de solidariedade ao Nelson de Sousa, com os desejos de rápidas melhores. É pá, um homem de Paranhos não desiste. Vamos à luta e Porto a Campeão
Se não for antes, até 13 de Novembro, camaradas. Cuidado com o S. Martinho.

3 comentários:

  1. Muito legal ...este encontro...
    belo companheirismo entre todos...
    Meu abraco e desejos de uma boa semana.
    Lu.

    ResponderEliminar
  2. "Broa" ideia, com azeitonas e tintol.
    Então e os Bandos?
    Qualquer dia tem que nascer uma Federação Tabanqueira, a ver se isto anda.

    Um abraço
    cumprim/jteix

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito,espero bem voltar para a proxima

    zé manel cancela

    ResponderEliminar